Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

PMs são presos espionando advogado em Pernambuco

Três policiais militares, lotados na Casa Militar do Governo de Pernambuco, estão detidos na Delegacia do Jordão, zona sul do Recife, por estarem perseguindo o carro de um advogado do Movimento do Direitos Humanos, Dominici Mororó.Com os policiais foram apreendidos três revólveres calibre 38, duas máquinas fotográficas digital, uma máquina filmadora, dois gravadores, um binóculo, um par de placas de automóvel e um dossiê com informações sobre Mororó, endereços de familiares, vizinhos e advogados que trabalham com ele na assessoria de Movimento de Luta pela Terra, entre outras organizações.Também foi apreendido um recorte de um jornal com uma reportagem sobre Socorro, uma ex-moradora de palafita Brasília Teimosa (que será visitada domingo pelo presidente Lula). Mororó é advogado de Socorro, que foi pivô de uma polêmica nos programas eleitorais dos principais candidatos à Prefeitura do Recife: o prefeito João Paulo (PT), candidato à reeleição, e Carlos Eduardo Cadoca (PMDB), apoiado pelo governador Jarbas Vasconcelos (PMDB).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.