PMs suspeitos de execução são afastados em Guarulhos

Os policiais militares do 31º batalhão que participaram da prisão de cinco jovens acusados de tentativa de assalto a uma empresa em Guarulhos; sendo que dois dos suspeitos apareceram mortos anteontem em um terreno, foram afastados pela Corporação até que tudo fique esclarecido. Os corpos encontrados na última quarta-feira eram de Dorival Renê Savioli, 26, e Adriano Holanda Cavalcanti, 18. Os dois jovens desapareceram no último domingo, quando, juntamente com três amigos, tentaram assltar uma fábrica localizada no Jardim Cumbica. Dos cinco rapazes, um foi preso e outros dois liberados segundo testemunhas. Os policiais que apresentaram esta ocorrência no 4º Distrito Policial na ocasião foram afastados ontem. Segundo a Rádio CBN de São Paulo, a polícia de Guarulhos investiga a participação de PMs em um grupo de extermínio na cidade. Além de policiais do 31.º Batalhão, há suspeitas contra integrantes do 15.º Batalhão, batalhões que dividem o patrulhamento em Guarulhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.