PMs trocam tiros. Um morre e outro, mesmo ferido, é preso

Um policial militar morreu e uminspetor de polícia ficou ferido, depois de uma troca de tiros entre os dois, na madrugada de hoje, em Copacabana, zona sul. O PM Carlos Germano da Silva, de 35 anos, levou dois tiros no peito e não resistiu. Já Luís André de Oliveira, de 29 anos, atingido nas costas, foi levado para o Hospital Miguel Couto, no Leblon, e teve alta à tarde. Segundo o delegado Ivo Raposo, da delegacia de Copacabana, Oliveira, mesmo hospitalizado, foi preso em flagrante e será autuado por homicídio. A hipótese mais forte para o crime é uma discussão. ?Acho que um dos dois fez uma abordagem mal feita no outro, ou seja, tentou revistar?, contou Raposo, acrescentando que os policiais estavam de folga, mas não saíram juntos. Oliveira, lotado na Delegacia de Repressão a Armas e Explosivos (DRAE) estava acompanhado de um amigo, que seria PM. Durante a troca de tiros, que ocorreu na esquina da avenida Nossa Senhora de Copacabana com Djalma Ulrich, por volta de 4h30, muitas pessoas se assustaram. As marcas do tiroteio ficaram na porta de algumas lojas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.