Polícia abre desvio na principal ligação entre PR e SC

BR-376 foi novamente bloqueada por conta de um deslizamento de terra na altura do km 663

Felipe Oda, estadao.com.br

02 de dezembro de 2008 | 15h12

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) criou, às 14 horas, o desvio de sete quilômetros na BR-376, em Tijucas do Sul, umas das principais ligações entre o Paraná e Santa Catarina. Um deslizamento de terra bloqueou a estrada na altura do km 663, sentido sul, na manhã desta terça-feira, 2. Por conta disso, a pista sentido norte ficou com tráfego em mão dupla, para não prejudicar tanto o motorista.   Veja também: Saiba como ajudar as vítimas da chuva Repórteres relatam deslizamento em Ilhota  Mulher fala da perda de parentes em SC Tragédia em Santa Catarina  Blog: envie seu relato sobre as chuvas  Veja galeria de fotos dos estragos em SC   Tudo sobre as vítimas das chuvas      Policiais estão orientando os motoristas que seguem em direção a Santa Catarina, na entrada do desvio no km 657. Equipes da PRF alertam para incidência de neblina e para o tráfego lento, devido a grande quantidade de veículos. No km 664, logo após a interdição causada pela barreira, os motoristas voltam à pista dupla. A BR-376 em direção ao Sul do Brasil deverá ser liberada nesta quarta-feira, 3. A área só estará livre para tráfego após uma avaliação técnica da estabilidade da encosta e condições do pavimento.   Além desse desvio no local, a PRF montou outros três para quem seguia em direção a Santa Catarina ou ao Rio Grande do Sul: para veículos de carga, em Curitiba, pela BR-116, passando por Mandirituba/PR, Agudos do Sul/PR, Piem/PR, São Bento do Sul/SC, Corupá, Jaraguá do Sul/SC, saindo na BR-101/SC. Veículos de passeio poderiam seguir de Curitiba pela BR-116, passando por Mandirituba/PR, Agudos do Sul/PR, Piem/PR, Campo Alegre/SC, voltando a BR-101 na altura de Joinville. E para veículos com até 27 toneladas do peso bruto total (PBT), a partir de Curitiba pela BR-277, utilizar a balsa em Guaratuba, retornando à BR-101.   Outras oito rodovias do Estado - uma federal e mais sete estaduais - continuavam totalmente interditadas nesta tarde, em decorrência de deslizamentos e quedas de barreiras provocadas pelas chuvas. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, além da BR-376, apenas a BR-470 continuava totalmente bloqueada entre os km 41 e 47, na região de Gaspar.   A Polícia Militar Rodoviária informou que das 13 rodovias estaduais danificadas, sete permaneciam com trechos totalmente bloqueados: SC-401, do Centro ao Norte de Florianópolis; SC-408, de Brusque a São João Batista; a SC-416, de Jaraguá do Sul a Pomerode; a SC-431, em São Bonifácio; a SC-466, do município catarinense de Itá ao Rio Grande do Sul; e a SCT-477, entre Doutor Pedrinho e Benedito Novo.   (Com Fabiana Marchezi, do estadao.com.br)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.