AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Polícia acha de tudo em presídio de segurança máxima

A Secretaria de Administração Penitenciária fez, nesta quinta-feira, uma revista de surpresa nos principais presídios do Estado de São Paulo. No Vale do Paraíba, onde se concentram sete estabelecimentos prisionais, equipes da Tropa de Choque de São Paulo, auxiliadas por policiais militares da região e cães farejadores, iniciaram a revista por volta das 7h30.No anexo da Casa de Custódia e Tratamento, em Taubaté, onde estão detidos os seqüestradores chilenos do publicitário Washington Olivetto e a traficante Sonia Aparecida Rossi, conhecida como Maria do Pó, nada foi localizado.Os policiais permaneceram na Custódia por cerca de quatro horas e não acharam nenhuma arma ou telefone celular. No Presídio Tarciso Leonce Pinheiro Cintra, o P1 de Tremembé, considerado de segurança máxima, a revista demorou pouco mais de seis horas. Dois caminhões com policiais da Tropa de Choque chegaram ao local por volta das 8 horas e saíram às 14h30.No local foram encontrados 14 telefones celulares, 12 carregadores, 39 porções de maconha, um tablete da mesma droga de aproximadamente 200 gramas, uma corda feita de lençóis amarrados de 5 metros e uma escada de cordas.Todo o material foi encaminhado para o Distrito Policial de Tremembé. O balanço final da revista nos outros presídios vai ser anunciado pela Secretaria de Administração Penitenciária nesta tarde.

Agencia Estado,

23 de maio de 2002 | 17h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.