Polícia acha ossada de menino sumido desde 2006

A Polícia Civil de Minas informou ontem à noite que a ossada achada em uma mata no bairro Serra Verde, região noroeste de Belo Horizonte, é de Douglas Freitas Barbosa, desaparecido há quase dois anos. Ele sumiu no dia 4 de março de 2006, quando tinha 13 anos, após participar de um treinamento de futebol na Vila Olímpica, complexo de esporte e lazer que pertence ao Atlético Mineiro. Em agosto, a polícia encontrou os ossos e os enviou para análise no Instituto Médico-Legal. O IML, então, encaminhou as conclusões ao Instituto de Criminalística, que as comparou com material extraído dos pais de Douglas. Na época do desaparecimento, a mãe dele, Simone Helena Rodrigues, tinha poucas informações que pudessem ajudar a polícia, apenas as roupas que Douglas vestia. O inquérito agora será encaminhado para a Divisão de Crimes Contra a Vida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.