Polícia acha roça com 250 mil pés de maconha na Bahia

A Polícia Militar da Bahia encontrou cerca de 250 mil pés de maconha plantados em um terreno de seis hectares no município de Barra, a 650 quilômetros de Salvador. Vinte pessoas tomavam conta da plantação e receberam os policiais a balas. No tiroteio, um dos homens, identificado como Francisco da Silva Alves, foi morto.Embora a maioria tenha conseguido fugir embrenhando-se pela mata, os policiais prenderam Paulo César Bernardes da Silva, Edmilson Mendes da Silva, João Cláudio da Silva e Maria Benvinda Florêncio.Há anos traficantes vem plantando roças de maconha nas áreas que margeiam o Rio São Francisco na Bahia e em Pernambuco, onde conseguem água em abundância para o cultivo.Muitos agricultores, sem opção de trabalho, aceitam cuidar das roças e acabam se envolvendo com o tráfico. Nas fazendas os traficantes mantêm toda a infra-estrutura para secagem, prensagem e preparo da maconha para o transporte até os centros de maior consumo da droga, no Rio e em São Paulo.

Agencia Estado,

30 de setembro de 2004 | 16h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.