Polícia admite que Dudu pode não estar mais no Alemão

No quinto dia de cerco ao Complexo do Alemão, pela primeira vez a Polícia Civil admitiu que o traficante Eduíno Eustáquio de Araújo Filho, o Dudu, pode não estar não estar mais no local. De acordo com o subchefe de Polícia Civil, José Renato Torres, o trabalho da polícia está desestruturando o Comando Vermelho no Alemão. Ele disse ainda que cem policiais das delegacias especializadas estão prontos para checar informações de que o bandido esteja em outras favelas. "Não importa se ele está aqui ou não. A polícia vai em busca dele aqui ou em qualquer lugar", disse José Renato Torres. Ele atribuiu o número alto de denúncias ao fato de Dudu ser um bandido "violento e traidor". Segundo Torres, Dudu foi informante da polícia até 1995. O delegado também classificou como importante a prisão de Marcelo da Paixão Nepomuceno, ontem, irmão do traficante Marcinho VP (preso no Complexo Penitenciário de Bangu). Ele seria o elo entre o VP e o comando do tráfico de drogas no Alemão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.