Polícia afirma ter descoberto central telefônica do PCC

Dez pessoas - cinco maiores e cinco adolescentes - foram detidas numa casa em São Miguel Paulista, zona leste da cidade, onde a Polícia Militar afirma ter encontrado uma central telefônica de integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital). Os PMs foram ao local, após denúncia anônima de que numa das casas de uma habitação coletiva havia um "movimento estranho". Na casa foram encontradas pequenas quantidades de maconha e cocaína, e três aparelhos telefônicos, com duas linhas, além de material próprio para embalar droga. Havia ainda R$ 200 que, segundo a polícia, pode ser decorrente da venda de drogas, e também um caderno com nomes de presos das penitenciarias de Valparaíso e Florida Paulista, no interior do Estado. Quando as guarnições policiais se aproximaram, dois jovens que estavam junto ao portão correram para dentro alertando sobre a presença policial. Os PMs entraram, detiveram a moradora Antonia Suely Pereira Lima, de 36 anos, que, segundo a polícia, teria vários documentos falsos. Além dela, as outras nove pessoas presentes receberam voz de prisão. Os menores foram encaminhados ao Juizado da Infância e Juventude.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.