Polícia ainda procura por 3 suspeitos de espancar torcedor em MG

A Polícia Civil de Minas já prendeu seis de um total de nove pessoas, todas integrantes da torcida organizada Galoucura, acusados de espancar até a morte um torcedor do Cruzeiro, no dia 27 de novembro, em Belo Horizonte.

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

13 de dezembro de 2010 | 16h15

 

Na última sexta-feira, 10, a polícia enviou à Justiça nove representações solicitando mandados de prisão temporária contra os envolvidos na morte do torcedor. O nome dos suspeitos foi mantido em sigilo pela polícia.

 

Segundo informações do delegado Wagner Pinto, do Departamento de Homicídios, do total de nove pessoas, todas integrantes da torcida organizada Galoucura, seis já foram presas. Três continuam foragidos.

 

A agressão contra o cruzeirense Otávio Fernandes, de 19 anos, ocorreu em frente a um espaço de eventos onde era realizado o 3º Brasil MMA Fight, torneio de vale-tudo que tinha a participação de um integrante da torcida atleticana.

 

Uma briga generalizada entre integrantes da Galoucura e da Máfia Azul terminou com o assassinato de Fernandes e outros dois cruzeirenses internados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.