Polícia apreende 10 mil CDs falsos em Araçariguama

Policiais militares apreenderam ontem cerca de 10 mil CDs falsificados na residência do comerciante Pedro Gamaliel Zata, de 49 anos, no bairro Terra Baixa, em Araçariguama, a 48 quilômetros de São Paulo. No local funcionava uma oficina de produção de games e CDs piratas. O comerciante e seu filho, o estudante William Frederico Zata, de 20 anos, foram detidos. Os policiais apreenderam também os equipamentos utilizados no processo de gravação do material. Pai e filho contaram que adquiriam o material virgem em lojas de São Paulo. Os CDs e games eram gravados e revendidos em cidades como Sorocaba, Botucatu e São Carlos. A delegada Maria Aparecida Vigilante autuou pai e filho por crime de violação de direitos autorais. Eles vão receber a processo, podendo ser condenados a pena de até três anos de prisão.

Agencia Estado,

26 de novembro de 2002 | 16h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.