Polícia apreende 100 quilos de cocaína em São Paulo

Após três meses de investigação, policiais da 1ª Delegacia do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) apreenderam 100 quilos de cocaína e desbarataram parte de uma quadrilha de traficantes de cocaína da possível conexão Chile-Bolívia-Peru-Colômbia-Brasil, no final da tarde desta sexta-feira, 6. O casal de brasileiros Gimena Ribeiro Luz e Douglas Magalhães e os colombianos Bilie Jander e Pablo Hermes foram presos e autuados em flagrante. Até a noite desta sexta, eles estavam prestando depoimento na delegacia. Com a quadrilha, a polícia apreendeu o Fiat Doblô com 100 quilos de cocaína, que entrou em São Paulo vindo de Corumbá, MS.De acordo com o delegado titular, Paulo Sérgio Fleury, a quadrilha não quis revelar para quem eles levariam a cocaína. A droga estava alojada no teto do veículo em três compartimentos e um embaixo da caçamba, perto do estepe. "A quadrilha é grande. Eles têm técnico de oficina de carro, tapeçaria, montam carros no Peru, contratam pessoas que não despertam a atenção. Eles têm bons contatos", disse o delegado. Para não levantar suspeitas, Gimena e Magalhães estavam acompanhados das duas filhas menores. "Há dez dias, prendemos um casal de chilenos com mais de 50 anos, transportando 40 quilos de cocaína", comentou Fleury.O flagrante ocorreu na esquina da Avenida 9 de Julho com a Rua José Maria Lisboa, região da Bela Vista. "Nós estávamos atrás deles há muito tempo. Sabíamos que eles estariam chegando a São Paulo e se hospedaram no hotel da Avenida Mutinga, no bairro de Pirituba, zona oeste da capital", disse o delegado. "Se forem condenados, eles cumprirão pena no Brasil."

Agencia Estado,

06 de outubro de 2006 | 20h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.