Polícia apreende 110 quilos de cocaína do Cartel de Cali

Agentes da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes da Polícia Federal de São Paulo apreenderam hoje de manhã cerca de 110 quilos de cocaína no interior do Estado, que pertenciam ao Cartel de Cali. Segundo o assessor de comunicação social da PF, Celso D´Arcke, a ação aconteceu na Rodovia Fernão Dias, entre os municípios de Atibaia e Mairiporã. Foram presos os traficantes Marcelo Jeronymo Ferreira, de 38 anos, e Décio Francisco Neves, de 39 anos. Os dois já vinham sendo investigados há dois anos pela Polícia Federal por causa da ligação deles com a máfia colombiana das drogas. De acordo com o assessor, a sofisticação da cocaína é tanta que possui até grife, ou seja, os tabletes são identificados por um sete e uma estrela.Marcelo Jeronymo já é velho conhecido da Polícia Federal. Em junho do ano passado, ele foi preso juntamente com um colombiano com 267 quilos de cocaína numa ação semelhante à ocorrida nesta segunda-feira. No entanto, na época, não foram apresentadas provas contundentes contra ele, que acabou sendo libertado e voltou a agir. Esta manhã, por pouco, Marcelo não conseguiu fugir. O carro em que ele e o amigo, uma picape Fiat, foi interceptada na estrada, mas o traficante, que conhece bem a região, escapou. Ele chegou a voltar para sua casa, mas foi finalmente detido na sequência.A Polícia Federal apurou que a cocaína apreendida hoje foi transportada num caminhão Volkswagen com fundo falso e levada neste fim de semana para o Condomínio Cinco Lagos, em Mairiporã. Agora cedo, o tóxico foi retirado do caminhão e passado para a picape Fiat. Além do entorpecente, foram apreendidos o caminhão, a picape onde estavam os criminosos, um carro Mercedes-Benz, outra picape Fiat, um Fiat Marea e um Volkswagen Gol.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.