Polícia apreende 120 comprimidos de ecstasy em SP

Investigadores do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) apreenderam na noite de segunda-feira 120 comprimidos de ecstasy. Na operação, foram presos o estudante de Direito Marco Aurélio Mayer, de 29 anos, e o assistente jurídico José Luiz Nistal, de 50.Após encontrar com o estudante 20 comprimidos, a polícia, que já estava no rastro de Mayer, armou uma operação para prender Nistal em flagrante de tráfico. O rapaz, que estaria vendendo ecstasy fornecido por Nistal, foi forçado a pedir um lote de 100 comprimidos ao traficante. Foi marcado um encontro entre os dois na zona oeste de São Paulo. Nistal compereceu ao local marcado e foi reconhecido pelo estudante. A polícia deu o flagrante e encontrou o carregamento de 100 comprimidos de ecstasy no carro do traficante. Preso por tráfico de drogas, Nistal disse que não sabe a quem pertence a droga que levava consigo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.