Polícia apreende armas, drogas e celulares em presídios do interior de SP

Policiais militares apreenderam armas, drogas, bebidas, celulares e "terezas" - cordas feitas com lençóis entrelaçados usadas para fuga -, durante revista realizada hoje, das 8 até o meio-dia, em presídios na região de Campinas, no interior paulista.De acordo com o Centro de Operações da Polícia Militar, na penitenciária III de Hortolândia, foram apreendidos 11 celulares, 10 carregadores, 101 trouxinhas de maconha, uma talhadeira, uma navalha, uma tesoura, 23 facas, além de 25 medalhas de chumbo. Policiais também encontraram uma corda "tereza" de dois metros e um litro de "Maria Louca" - um tipo de cachaça produzida pelos detentos, feita com arroz fermentado e cascas de laranja.No Centro de Detenção Provisória (CDP), em Hortolândia, policiais apreenderam dois celulares, um carregador, cinco facas, uma barra de ferro e seis trouxinhas de maconha.Os policiais encontraram no Centro de Detenção Provisória (CDP), em Campinas, 15 celulares, 12 carregadores, seis trouxinhas de maconha, um trouxinha de cocaína, uma pedra de crack, 25 facas, três serras, e duas "terezas" de cinco metros cada.Cento e sessenta e quatro policiais militares, pertencentes ao 3º Batalhão, participaram da revista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.