Polícia apreende celulares, drogas e bandeira do PCC em penitenciárias

Agentes de segurança e policiais militares apreenderam 39 celulares, 37 carregadores e uma bandeira do PCC em blitze feitas nesta terça-feira, 11, em três unidades prisionais do oeste do Estado. Também foram apreendidas 103 bolsas de maconha e quatro bolsas de cocaína.A maior parte dos produtos estava em poder dos presos da Penitenciária de Segurança Máxima de Assis, onde 100 agentes e 70 homens da tropa de choque passaram dez horas revistando as celas, que abrigam 1.196 detentos. Eles encontraram 23 celulares, 30 carregadores, quatro chips e uma bateria de celular, além de 98 bolsas de maconha e quatro de cocaína.Na Penitenciária de Segurança Máxima de Junqueirópolis, foram apreendidos 15 celulares, sete carregadores, quatro fones de ouvido, além de dois alicates e cinco brocas, material que estava escondido desde a rebelião de maio.No CDP de Caiuá, os agentes apreenderam um celular, duas serras, além de uma bandeira do PCC do tamanho de um lençol.

Agencia Estado,

11 de julho de 2006 | 20h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.