Polícia apreende cocaína com carimbo das Farc e do Comando Vermelho

Agentes da Polícia Civil apreenderam na noite desta terça-feira papelotes decocaína que traziam uma inscrição com as siglas das Forças ArmadasRevolucionárias da Colômbia (Farc) e do Comando Vermelho (CV).A droga era vendida na Favela Fazenda do Mineiro, a Fazendinha, em SãoGonçalo, Grande Rio, e a polícia acredita que seja distribuída pelotraficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, que mantémconexões com a guerrilha, de inspiração marxista, acusada de vender proteçãoao narcotráfico colombiano.Durante a operação houve troca de tiros. O menor L.O.P, de 17 anos, foipreso, e dois outros criminosos fugiram. No total, foram apreendidas 29trouxinhas de maconha (109,6 gramas) e 82 papelotes de cocaína (15,8gramas).O delegado Renato Carvalho, titular da 72ª Delegacia Policial,responsável pela apreensão, disse que o tráfico da Fazendinha já vinharecebendo atenção especial nas investigações da unidade.Carvalho afirmou, ainda, que a cocaína na Fazendinha é 100% mais cara devidoao seu maior grau de pureza. Como a favela fica próxima à Baía da Guanabara,há a suspeita de que os entorpecentes cheguem à Fazendinha de barco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.