Polícia apreende granadas e armas na Favela de Acari

Operação tinha o objetivo de prender dois homens apontados como chefes do tráfico; ninguém foi preso

Solange Spigliatti, Central de Notícias

05 de outubro de 2009 | 13h19

Quatro granadas, duas submetralhadoras e cerca de duas mil munições (para vários calibres), foram apreendidas nesta segunda-feira, 5, por agentes da Polinter na Favela do Acari, zona norte do Rio. Segundo a Polícia Civil, as apreensões ocorreram durante uma operação que tinha por objetivo prender os chefes do tráfico de drogas do morro, conhecidos como Capiné e Malvado, que conseguiram escapar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.