Polícia apreende nove granadas na Favela do Muquiço no Rio

Policiais militares do 9.º Batalhão (Rocha Miranda) apreenderam nove granadas de fabricação caseira na Favela do Muquiço, em Guadalupe, na zona norte, na manhã desta terça-feira, 11. Os artefatos foram feitos com pólvora e outros materiais que se fragmentam acondicionados em tubos PVC e ferro galvanizado, informou o comandante do 9.º BPM, coronel Murilo Leite Lira. "A pólvora é usada para fazer barulho, mas o material que se fragmenta pode causar ferimentos graves e até levar à morte, se a pessoa atingida estiver muito perto do artefato", informou Lira. Duas pessoas foram presas e a PM continua na favela. Traficantes do Muquiço têm desafiado a polícia com freqüência. No último dia 5, os criminosos fecharam os acessos da favela com cavaletes feitos com pedaços de trilhos de trem. A polícia fez operação no local para desobstruir as ruas e o embate terminou com quatro mortos. Na semana anterior, os traficantes ergueram muros de concreto para evitar a entrada da polícia no Muquiço. Os policiais derrubaram os muros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.