Polícia apreende possível pacote de oxi em Minas

Droga passará por perícia; pode ter sido a primeira apreensão de oxi no Estado

Solange Spigliatti, Central de Notícias

11 de maio de 2011 | 13h44

SÃO PAULO - Duas pessoas foram detidas, entre elas uma menor, de 17 anos, em Montes Claros, em Minas Gerais, com meio quilo de uma droga com características semelhantes ao oxi, segundo peritos da polícia civil.

O material apreendido foi encaminhado para o Instituto de Criminalística de Belo Horizonte para comprovação. Se o laudo der positivo, será a primeira apreensão da nova droga em Minas.

A adolescente e uma mulher de 25 anos foram detidas após uma denúncia anônima. Na manhã de terça-feira, elas partiram em um táxi da cidade mineira de Januária e foram seguidas pela polícia até a rodoviária de Montes Claros.

Horas depois, quando o táxi foi buscar a dupla no bairro Maracanã, elas foram abordadas e detidas. A polícia encontrou três grandes pedras da substância, pesando aproximadamente 500 gramas, dentro da bolsa da adolescente.

O oxi é uma variação do crack e possivelmente uma das drogas mais potente e perigosa. Na sua elaboração é adicionado querosene e cal virgem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.