Polícia apreendeu armas na casa do presidente do Sindicato

A Polícia Federal apreendeu armas na casa do presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores, Edivaldo Santiago, hoje pela manhã. Além de Edivaldo, foram detidos quatro diretores do Sindicato e três homens que faziam a segurança do presidente. Um deles é policial militar, segundo informações obtidas com a PF. Os diretores do sindicato dos Motoristas e Cobradores de ônibus estão sendo acusados nos últimos tempos de envolvimento com crime organizado e com esquemas de empresários do setor de ônibus para realização de greves na cidade de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.