Polícia apresenta homem acusado de sequestros no Rio

A polícia do Rio apresentou neste domingo o seqüestrador Clóvis José da Silva, de 43 anos, preso na quarta-feira, num apartamento na avenida Atlântica, a mais importante de Copacabana, na zona sul. Ele é acusado de participar, em 1989, dos seqüestros de dois empresários.Na delegacia, Silva disse que é motorista de Adriana Gomes Barbosa Santana, dona do apartamento, e dos três filhos dela. Ela é mulher de Joacy José Gomes, preso em Bangu 1 por tráfico.Em 1990, ele foi condenado a 14 anos de prisão, mas ganhou liberdade condicional em 1997. Este ano, a 34ª Vara Criminal do Rio expediu mais um mandado de prisão por seqüestro. Segundo os policiais, Clóvis teria participado do seqüestro do publicitário Roberto Medina, em 1990, mas ele negou o fato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.