Polícia apura a realização de festival da maconha

A Polícia Civil do Distrito Federal está investigando a realização de um campeonato para a eleição da melhor maconha. O chamado 1º Cannabis Cup Brasil teria acontecido paralelamente ao 25º Encontro de Estudantes de Comunicação (Enecom), em 19 de julho, no Campus da Universidade Católica de Brasília.O delegado titular do Departamento de Tóxico e Entorpecentes (DTE), Aluísio Carvalho, abriu inquérito quase um mês depois do evento, a partir de notícia publicada por um jornal local. "É a primeira vez que se ouve falar desse tipo de denúncia", disse o delegado titular da DTE.O inquérito foi aberto no último dia 20 e cinco pessoas já foram ouvidas. O delegado informou que ainda é preciso buscar provas da ocorrência ou não do campeonato de maconha. Caso se comprove a realização do Cannabis Cup, os responsáveis poderão responder por apologia ao uso de drogas, para a qual está prevista pena de 3 a 15 anos de reclusão pela Lei de Tóxicos do Código Penal. "Ainda vamos ouvir outras pessoas em busca de esclarecimentos" informou Carvalho, sem adiantar os resultados alcançados até agora.O campeonato teria sido inspirado em uma competição realizada em Amsterdam, capital da Holanda. O Cannabis Cup teria reunido cerca de 300 pessoas e dez jurados teriam apresentado seus votos com base em critérios, como a criatividade na elaboração do cigarro e qualidade do fumo.A Universidade Católica abriu sindicância interna composta por cinco professores para apurar a denúncia. Em nota distribuída à imprensa, a direção da universidade diz que não tem conhecimento da ocorrência do festival durante o Enecom. "Os supostos fatos não foram de nosso conhecimento. No dia citado, aconteciam 59 oficinas e dez grupos de debates", registra o texto. A assessoria de imprensa informou que policiais militares e vigilantes da própria instituição faziam a segurança do local durante o evento, que reuniu 2.300 estudantes de todo o País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.