Polícia baiana procura PM suspeito de ser autor de chacina

O policial militar Raimundo Oliveira de Jesus está sendo procurado pela 3ª Delegacia de Polícia de Salvador como principal suspeito da autoria de uma chacina ocorrida na madrugada de domingo, 23, no bairro periférico de Massaranduba, que deixou três pessoas mortas e quatro feridas. A motivação foi uma dívida relacionada com o tráfico de drogas. Jesus teria invadido o barraco de Alex dos Anjos Silva à sua procura e do parceiro dele, conhecido como Davi. Como nenhum dos dois se encontrava, descarregou seu revólver contra as pessoas que estavam no local.A aposentada Marinalva Silva, de 60 anos, e seus netos, um menino de 11 anos e uma menina de 1, morreram. A mãe da menina, Andréia dos Anjos Silva, de 31 anos, outras duas filhas menores e a irmã Cristina Santos, de 22, ficaram feridas. Cristina conseguiu sobreviver pulando pela janela do barraco no momento que o assassino começou a disparar.Ao chegar em casa pela manhã, o biscateiro Alex Silva entrou em desespero. Para a delegada Inalda Cavalcante, Silva confirmou ser usuário de drogas e que estava devendo dinheiro a traficantes. Com as informações de Alex e Cristina, a polícia identificou o policial Raimundo de Jesus. Ele fugiu do local da chacina num carro Gol que abandonou alguns quilômetros adiante depois de ter batido duas vezes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.