Polícia brasileira prende um dos chefões do cartel de Cali

Policiais do Denarc prenderam no fim da manhã de hoje no aeroclube de Itu, no interior de São Paulo, quatro pessoas com aproximadamente 200 quilos de cocaína e o avião que transportou a droga da Colômbia. Um dos presos é Juan Carlos Arcila Barra, apontado pela polícia como traficante de destaque no cartel colombiano de Cali. Ele tem um irmão gêmeo com quem divide o setor de vendas a diversos países, no cartel de Cali. O grupo vinha sendo investigado pelo Denarc havia oito anos. A cocaína passava por São Paulo e outros estados brasileiros e seguia para a Espanha e África. Entre os presos estão também dois pilotos. Um deles, o francês naturalizado canadense Jacques Dellanoy, lutou no Vietnã e foi instrutor de vôo no porta-aviões Franklin Delano Roosevelt. O delegado Ivaney Cayres de Souza, diretor do Denarc, disse que os presos são responsáveis pelo envio de mais de uma tonelada de cocaína por mês para a Europa e África. Leia a história completa na edição do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.