Polícia cearense investiga crime ligado a furto do BC

A polícia cearense investiga mais um homicídio que pode ter ligação com o furto milionário ao Banco Central (BC). Desta vez, a vítima foi o agricultor José Bezerra da Silva, de 60 anos. O crime aconteceu às 10h30 desta quinta-feira, dia 19, em Boa Viagem, a 221 quilômetros de Fortaleza. Ele foi morto com dois tiros nas costas dados por dois homens. Um deles identificado como Fábio Rodrigues de Lima, o "Pequeno", que conseguiu fugir.De acordo com a viúva do agricultor, Bezerra da Silva saiu de casa para tanger vacas, e tinha em seu poder pouco mais de R$ 50,00. Segundo ele, o ladrão queria R$ 15 mil, dinheiro que ele teria enterrado. "Eu não sei nada disso", afirmou a mulher ao delegado Domingos Sávio Diógenes Pinheiro, que apura o caso.A polícia não descarta a hipótese que o dinheiro procurado pelo assassino possa fazer parte dos R$ 164,7 milhões levados do BC em agosto do ano passado. Conversas interceptadas pela PF identificaram que a parte da quadrilha comandada por Raimundo Laurindo Barbosa Neto teria escondido pelo menos R$ 12 milhões entre as cidades de Boa Viagem e Alto Alegre, no Maranhão.A caça ao dinheiro furtado do banco já fez várias vítimas. Pelo menos cinco seqüestros de parentes de acusados foram realizados no Ceará e em São Paulo. Um deles terminou em morte: o do traficante Luís Fernando Ribeiro, o "Fê" ou "Fernandinho", executado em outubro do ano passado, mesmo depois de a família ter pago R$ 2,1 milhões pelo resgate.

Agencia Estado,

21 de outubro de 2006 | 12h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.