Polícia cerca adolescente dentro de igreja

Um adolescente paulista de 17 anos foi preso dentro da Igreja da Sant?Ana, no centro do Rio de Janeiro, no início da manhã desta sexta-feira. Ele tentou se refugiar ali depois de ter sido baleado por policiais militares.O rapaz foi flagrado tentando assaltar motoristas parados no sinal de trânsito da Rua Marquês de Pombal. A polícia investiga se ele faz parte de uma quadrilha paulista que está se especializando em viajar para o Rio, onde comete assaltos e, no mesmo dia, volta para São Paulo.O adolescente e um outro rapaz, armado com uma pistola calibre 45, tentavam roubar orelógio Rolex do motorista de um Audi parado no sinal de trânsito. Policiais civis queestavam no trânsito viram a cena e abordaram os assaltantes.O rapaz armado reagiu e conseguiu escapar. O garoto, que estava com uma arma de brinquedo, passou correndo pelos policiais e foi atingido nas nádegas. Ferido, ele fugiu em direção à igreja.Cerca de 10 fiéis estavam no templo e viramquando o assaltante, sangrando, correu para o fundo da igreja e pulou uma cerca. Masnão havia saída. Os próprios fiéis avisaram a polícia onde o garoto estava escondido.?Acho que ele acreditava que conseguiria fugir por ali, mas logo foi detido pelospoliciais?, disse o padre Franco, pároco da igreja há 11 anos. ?As pessoas seassustaram, mas ninguém correu risco porque ele estava desarmado?, afirmou.Padre Franco disse que foi a primeira vez que soube que um assaltante tentou serefugiar na igreja. ?As portas são abertas às 6 horas, para que todos entrem. Não voumudar esse hábito?, disse.O delegado-adjunto da Divisão de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) Rivaldo Barbosa de Araújo Júnior disse que a polícia do Rio está investigando uma quadrilha paulista que comete assaltos no Rio e volta para São Paulo, para tentar dificultar a apuração dos crimes.Ele pretendia tomar o depoimento do adolescenteainda nesta sexta. O adolescente está internado no Hospital Souza Aguiar. Segundo odelegado, ele deve permanecer detido no Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.