Polícia Civil cumpre mandados de prisão no Rio de Janeiro

Niterói, São Gonçalo e Cabo Frio passam por uma varredura, para investigar morte de traficante

Gheisa Lessa - Central de Notícias,

09 de maio de 2012 | 11h09

São Paulo, 9 - Três mandados de prisão e 20 de busca e apreensão estão sendo cumpridos na manhã desta quarta-feira, 9, por agentes da Polícia Civil em bairros da zona norte e oeste do Rio. Segundo informações da polícia, as buscas acontecem em função da morte de um traficante, que era procurado da Justiça, em dezembro do ano passado.

Niterói, São Gonçalo e Cabo Frio passam por uma varredura da Polícia Civil do Rio de Janeiro na manhã desta quarta. Agentes, com apoio da Corregedoria Geral Unificada (CGU), realizam a Operação Recuva, que investiga a morte do traficante Raphael Rosa Guimarães, de 21 anos, conhecido como "Chacal". De acordo com informações da assessoria da polícia, o traficante foi morto no dia 16 de dezembro do ano passado durante operação do 7º Batalhão de Polícia Militar de São Gonçalo, no Complexo da Coruja, Vila Laje, região metropolitana do Rio.

O delegado titular do 73º Distrito Policial, Luiz Antonio Ferreira, afirma que as investigações apontam que houve vazamento da operação "Dezembro Negro" realizada pela Polícia Civil, em dezembro do ano passado. A operação em questão teria o objetivo de cumprir mandados de prisão contra traficantes e policiais militares acusados de corrupção e associação para o tráfico de drogas, informa Ferreira.

A ação realizada por agentes militares no Morro da Coruja, dias antes da operação Dezembro Negro, visava eliminar as principais testemunhas da propina paga aos militares.

A Operação Recuva tem colaboração de policiais das delegacias da capital, baixada, interior, especializadas e da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), além de um veículo blindado e helicóptero.

Tudo o que sabemos sobre:
riopolíciaprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.