Polícia Civil de PE faz maior apreensão de cocaína da sua história

335 quilos da droga estavam escondidos dentro de embarcação ancorada em Iate Clube; dois foram presos

Marcela Gonsalves, Central de Notícias

11 Abril 2011 | 14h37

SÃO PAULO - A polícia apreendeu mais de 335 quilos de cocaína neste domingo, 10, em Recife, escondida em uma embarcação, ancorada desde janeiro no Iate Clube da cidade. A quantidade representou a maior apreensão da droga já feita pela Polícia Civil de Pernambuco.

 

Duas pessoas foram presas em flagrante, um rapaz apontado como o dono do barco e sua namorada. Ele negou saber da origem da droga e explicou que teria comprado o barco há pouco tempo por um valor abaixo do mercado. A mulher confirmou ter conhecimento da presença do entorpecente. Ambos foram autuados por tráfico internacional de drogas.

 

Segundo a polícia, a dupla viajaria nesta segunda-feira, 11, para a Europa com o produto. Uma denúncia anônima levou os agentes ao barco na madrugada de domingo, 10. A estimativa é que o material esteja avaliado em mais R$ 8 milhões, caso a droga fosse vendida no atacado; no varejo ela valeria pelo menos três vezes mais. O entorpecente será submetido à análise e depois seguirá para incineração.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.