Polícia Civil prende dois homens com 26 aves no Rio

Entre os pássaros apreendidos estão maritacas, papagaios e arara azul

Priscila Trindade, estadão.com.br

06 Setembro 2011 | 08h23

SÃO PAULO - Um homem de 53 anos e outro de 69 foram presos com 26 aves da fauna brasileira em pontos diferentes do Rio de Janeiro nesta segunda-feira. Os agentes da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) apreenderam 15 aves na casa de um dos presos, em Belford Roxo, na baixada fluminense. Na residência do outro suspeito, que é fuzileiro naval, foram encontrados oito papagaios, duas maritacas e uma arara azul, na Vila da Penha, na zona norte do Rio.

 

Os dois foram conduzidos à sede da especializada, onde assinaram um termo de compromisso de comparecer em juízo. Eles vão responder em liberdade. Segundo a polícia, ambos alegaram que criavam os pássaros por paixão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.