Polícia Civil prende envolvido na morte de líder comunitário da Rocinha, no Rio

Thiago Martins Cafieiro, o "FM", transportou o autor do assassinato até o local do crime

estadão.com.br,

13 Abril 2012 | 06h13

SÃO PAULO - Agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) prenderam, nesta quinta-feira, 12, Thiago Martins Cafieiro, o "FM", de 30 anos, apontado pela polícia como um dos que participaram da morte do presidente de uma associação de moradores da Rocinha, Vanderlan Barros de Oliveira, o "Feijão", no dia 26 de março deste ano, na Via Ápia, dentro da comunidade.

 

Segundo o delegado titular da Divisão de Homicídios da Capital), Rivaldo Barbosa, "FM" foi responsável pelo transporte de Wellington Cipriano da Silva Filho, o "Vasquinho", apontado como o autor dos três tiros que mataram "Feijão". Ele levou o comparsa de moto até o local do crime e depois o ajudou na fuga.

 

O criminoso foi encontrado em casa, no Largo do Boiadeiro, na Rocinha, após investigações e informações recebidas na delegacia. Ainda de acordo com a delegada, Thiago tinha quatro mandados de prisão expedidos contra ele, por roubos e tráfico de drogas, além de quatro anotações criminais pelos mesmos crimes.

 

Segundo ainda o delegado, com essa prisão, os agentes pretendem desvendar a motivação do crime. "Vasquinho" continua foragido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.