Polícia da Holanda confirma morte de brasileiro em 2002

A polícia da Holanda enviou nesta semana uma carta à Interpol no País confirmando a morte do brasileiro Lucas Rafael Bega da Cunha, em Amsterdã, na Holanda. Ele morreu vítima de um ataque cardíaco em 27 de setembro de 2002, segundo informações do Jornal da Record. Cunha partiu de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, em 25 de setembro de 2002. Em uma escala na Venezuela, o rapaz engoliu 80 cápsulas recheadas de cocaína, cerca de um quilo, e seguiu para a Europa. Em Amsterdã, Cunha expeliu somente 20 cápsulas e passou mal. O traficante Israel Dias de Oliveira, 24 anos, que havia recrutado o rapaz para o transporte da droga, o levou para o hospital Oster Park, onde ele sofreu o ataque cardíaco e morreu. Os documentos encaminhados à Interpol serão repassados ao Ministério Público de São José do Rio Preto. Oliveira aguarda julgamento em um Centro de Detenção Provisória no interior do Estado.

Agencia Estado,

14 Fevereiro 2007 | 22h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.