Polícia de Franca reconstitui assassinato de professor

Dois adolescentes de 16 anos confessaram o assassinato do professor de literatura brasileira, da Universidade de Franda, Nelson dos Santos Damasceno, de 36 anos, no dia 29 de setembro.Os adolescentes foram detidos na manhã desta segunda-feira por policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Franca. Na reconstituição feira hoje os dois afirmaram que Damasceno os teria convidado para ir a uma festa na véspera do crime. Passaram num mercado para comprar cervejas e num caixa eletrônico para pegar dinheiro. No entanto, o professor levou-os para sua casa, no Jardim São Francisco, e queria manter relações sexuais com os dois. Os menores afirmaram que reagiram e entraram em luta corporal, imobilizando e amarrando o professor numa cadeira. Damasceno foi golpeado com panela de pressão quatro vezes, além de ser asfixiado com uma almofada e ter o pescoço cortado por uma faca.Na fuga, os adolescentes levaram o carro (abandonado poucodepois), roupas, CDs, o aparelho de DVD e o celular do professor. Os produtos foram encontrados com a dupla, que será conduzida para uma unidade da Fundação Estadual para o Bem-Estar do Menor (Febem) - Ribeirão Preto ou São Paulo. Um dos menores já tinha passagem pela polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.