Polícia de PE prende suspeito de matar um e ferir 14 em tiroteio

Foi preso pela Polícia Civil pernambucana, na madrugada de sexta-feira, o principal suspeito do tiroteio que resultou na morte de uma pessoa eferimentos em outras 14, em novembro, no Ibura, Zona Sul do Recife. Márcio Antônio Ramos da Silva, 22 anos, o Marcinho Capa Verde, foi encontrado escondido numa casa na cidade de Olinda, Região Metropolitana do Recife.O esconderijo de Capa Verde foi descoberto através de ligações anônimas. Dois delegados e 30 agentes da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico e daUnidade de Operações Policiais da Civil participaram da prisão. Marcinho Capa Verde ainda tentou fugir do cerco policial, arrombando o telhado da residência.Em depoimento ao delegado de repressão ao narcotráfico, Osvaldo Morais, Capa Verde negou participação no tiroteio. Mas a polícia descobriu um homem que confessou haver emprestado uma metralhadora para Ele. O tiroteio do qual Marcinho Capa Verde teria participado ocorreu no dia 28 de novembro e terminou com a morte do adolescente José Walter Lins Maranhão, 17 anos. Ele e os feridos estavam no terminal de ônibus de Três Carneiros, no Ibura, quando cinco homens chegaram atirando.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.