Polícia descobre central telefônica do PCC em Araraquara

A Polícia Civil descobriu uma central telefônica clandestina do PCC - Primeiro Comando da Capital - no início da noite de sexta-feira, que vinha funcionando desde novembro do ano passado no bairro Vale do Sol, em Araraquara, a 270 quilômetros da capital.O delegado titular da DIG - Delegacia de Investigações Gerais -, Jesus Nazareth Romão informou que a central era controlada pela estudante Priscila Maria dos Santos, 23 anos, que seria namorada de Mário Elcio da Silva, 28 anos, integrante do PCC e condenado a 40 anos de prisão por roubo a banco. Silva cumpre a pena na Penitenciária do Estado, na capital, e a família dele reside em Araraquara.A polícia apreendeu no local contas telefônicas cujo total supera R$ 30 mil, quatro aparelhos celulares, três aparelhos telefônicos convencionais, carregadores de celular, documentos falsos, cadernos de anotações com nomes de integrantes do PCC e um Estatuto do PCC. O delegado disse que a polícia chegou até a casa em Araraquara após ter sido descoberta uma outra central telefônica em São Sebastião, litoral norte de São Paulo, no dia 13 deste mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.