Polícia descobre duas centrais telefônicas clandestinas em Osasco

Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pesso (DHPP) descobriram, nesta quarta-feira à tarde, duas centrais telefônicas clandestinas ligadas ao Primeiro Comando da Capital (PCC), em Osasco, na Grande São Paulo, chefiadas por duas mulheres. Priscila da Silva Lima e Simone Gomes, ambas de 18 anos, foram presas em flagrante.Nas casas das duas foram encontradas três linhas de telefone, sendo que as contas somavam R$ 12 mil. Elas trabalhavam para Rubens Diderotida Silva Santos, preso na Penitenciária do Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.