Polícia descobre terceira vítima do crime contra padres

Policiais da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Jacareí (SP), localizaram no final da tarde de ontem a terceira vítima do crime contra dois padres de São José dos Campos. Cléverson Wesley de Oliveira, de 18 anos, estava escondido em sua casa, em Santa Branca, no Vale do Paraíba, com medo de se apresentar à polícia.Segundo o delegado Talis Prado Pinto, o jovem contou que estava na companhia do padre Manoel Serafim de Lima, na noite do crime, quando o religioso recebeu um telefone do principal acusado Michel Jucá de Brito, de 18 anos, que foi preso dois dias depois do crime. O padre teria então convidado Oliveira para conhecer um amigo, em Jacareí. Ao chegarem ao bairro Igarapés, os dois foram rendidos pelo grupo formado por cinco rapazes, entre eles, Michel Jucá de Brito. O bando levou as vítimas para a Casa Paroquial, em São José dos Campos, onde o outro sacerdote, Wagner Rodolfo da Silva, de 35 anos, se preparava para dormir. O grupo roubou os eletroeletrônicos e com as três vítimas passou então a percorrer caixas-eletrônicos em busca de dinheiro. Por causa do horário - passava da meia-noite - os assaltantes não conseguiram sacar nenhum valor e ficaram revoltados. "Ele (Oliveira) contou que durante o tempo em que foram mantidos reféns, os assassinos fumaram muito crack" disse o delegado Pinto. Oliveira contou também detalhes de como os assassinos mataram padre Wagner Rodolfo da Silva, de 35 anos, e disse que só sobreviveu porque conseguiu fugir, mesmo depois de apanhar e ter levado alguns golpes de faca na barriga. Depois do depoimento, Oliveira foi liberado e terá escolta policial, já que foi ameaçado de morte pelo grupo. SobreviventeNa manhã de deste domingo, o padre Manoel, internado desde a última quinta-feira na Santa Casa do município de Santa Isabel (SP), foi transferido da Unidade de Tratamento Intensivo para a enfermaria. Segundo o hospital, ele passa bem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.