Polícia desmente que Belo tenha se entregado

A polícia de São Paulo não confirmou que o cantor Marcelo Pires Vieira, o Belo, tenha decidido se entregar. Foragido há quatro dias, ele teria resolvido se apresentar hoje à polícia paulista. Conforme o assessor Hamilton Pereira, em entrevista por telefone à Rede Record, ele teria sido acompanhado por um advogado e um delegado ao 3.º DP, que também fica no centro da cidade, mas, ao sofrer um desmaio, teria sido transferido ao Hospital Santa Casa. Mas o delegado Carlos Meler, do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra), desmentiu a informação de que o cantor estaria nas mãos da polícia. Disse que tudo não passou de um "trote" do suposto assessor e que Belo não está na Santa Casa de Misericórdia. Dezenas de pessoas e jornalistas aguardam uma possível aparição de Belo no 3.º DP. O cantor está sendo investigado por envolvimento no tráfico de drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.