Polícia desmonta bando de roubo e desmanche de carros no RS

Grupo agia em toda região metropolitana de Porto Alegre; ao todo, 11 foram presos e dez veículos apreendidos

Elder Ogliari, O Estado de S.Paulo

15 Outubro 2008 | 19h43

A Polícia Civil prendeu 11 suspeitos de participação numa quadrilha especializada no roubo e desmanche de automóveis em municípios da região metropolitana de Porto Alegre, nesta quarta-feira, 15. Outros quatro participantes do grupo, contra os quais também há mandados de prisão temporária expedidos pela Justiça, não foram localizados e estão sendo procurados. Também foram apreendidos dez veículos.   O delegado Heliomar Franco disse que a investigação, iniciada há seis meses, mostrou que alguns participantes do grupo roubavam os veículos em Porto Alegre, Sapucaia do Sul, Gravataí e Canoas para levá-los a receptadores em chácaras de Viamão, recebendo R$ 300 a cada operação. A quadrilha tinha preferência por carros usados, que eram desmanchados para revenda de peças ou para entrega de partes a ferros-velhos. Em alguns casos havia devolução ao proprietário mediante pagamento de resgates que variavam de R$ 3 mil a R$ 7 mil.   A operação da polícia recebeu o nome de Inhacorá, palavra guarani que designa um cercado grande, e mobilizou oito delegados e cem agentes policiais. Franco acredita que a quadrilha fosse a responsável por uma parte significativa de todos os roubos de veículos praticados na região metropolitana da capital gaúcha.

Mais conteúdo sobre:
polícia Porto Alegre desmanche carros

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.