Polícia desvenda falso seqüestro em São Paulo

A Polícia militar conseguiu evitar na madrugada desta quinta-feira, 22, o golpe do seqüestro por telefone na zona oeste de São Paulo. Durante patrulhamento pelo bairro da Lapa, policiais militares foram acionados por vigilantes informando que uma moradora conversava, pelo telefone celular, com indivíduos que alegavam ter seqüestrado seu filho. Os indivíduos exigiam dinheiro e jóias pelo resgate. A mãe imediatamente tentou transferir a quantia exigida para uma conta corrente informada pelos seqüestradores via internet, porém não conseguiu, então mandaram a senhora ir até o Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital, para que se deslocasse até o Rio de Janeiro, com o objetivo de entregar as jóias que dizia possuir. Na expectativa de explicar que poderia se tratar de um trote, os policiais militares tentaram entrar em contato com o suposto seqüestrado, porém o telefone celular do filho apresentava sinal de ocupado. No desespero, a mãe seguiu para o aeroporto com policiais militares em sua escolta. Ao mesmo tempo, a polícia tentava rastrear o celular do suposto seqüestrado, que, ao ser encontrado, foi levado à presença da mãe, no aeroporto. Ao ver o filho, a senhora, emocionada, foi socorrida ao ambulatório do aeroporto. A maleta com as jóias e o dinheiro ficaram em poder dos policiais que entregaram ao filho.

Agencia Estado,

22 Fevereiro 2007 | 16h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.