Polícia divulga retrato falado do "fura-bundas"

A Polícia Civil de Taubaté, no Vale do Paraíba, divulgou no final da tarde desta sexta-feira o retrato-falado de um homem que, há cerca de vinte dias, vem ferindo as nádegas de mulheres com uma navalha. De 11 de junho a 3 de julho o considerado "fura-bundas" fez seis vítimas da mesma forma.Usando um estilete, o homem passa de bicicleta pelas ruas do centro de cidade, sempre no início da noite, e fere, com um estilete, as nádegas das vítimas. Depois foge, sem deixar pistas.A última vítima, além de ferida, também sofreu tentativa de estupro, o que possibilitou a polícia fazer o retrato-falado.O homem, segundo relato das mulheres, é mulato, tem cerca de 40 anos, porte atlético e mede cerca de 1,80m. Ele se veste com jaqueta jeans e calça jeans, usa um boné e, sempre no mesmo horário, das 19 às 20 horas, está na região central da cidade. As seis vítimas têm entre 15 e 32 anos.Segundo o delegado seccional de Taubaté, Roberto Martins de Barros, o retrato falado vai ajudar na captura do maníaco. "Contamos agora com a ajuda da população, para que denuncie através dos telefones 147 e 190."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.