Polícia divulga vídeo com suspeitos de matarem suíço

A polícia divulgou hoje as imagens do circuito interno de TV que mostram o momento em que o casal suspeito de assassinar o professor suíço Reto Franz Ullmann, de 56 anos, entra no prédio, no Leme, zona sul. Depois de torturado, Ullmann foi jogado do sétimo andar do apartamento onde morava, na noite de quarta-feira. O homem e a mulher, que ainda não tiveram o nome completo descobertopela polícia, estão sendo procurados.?Ele se apresentou para o porteiro apenas como Renato?, disse a delegada Monique Vidal, titular da delegacia de Copacabana,zona sul, que não quis fornecer muitos detalhes da investigação. Ela informou que peritos recolheram alguns objetos usados para torturar Ullmann, como um porrete, uma faca e a jaqueta com manchas de sangue que Renato usava e abandonou no prédio antes de sair. As digitais serão confrontadas com o banco de dados do Instituto Félix Pacheco. A câmera, instalada acima da porta do elevador social, mostra que Renato e uma mulher de cabelos compridos e pretos,vestindo blusa marrom, entram no elevador às 18h10. Quando eles deixam o prédio, às 19h25, Renato sai sem a jaqueta e deixa à mostra o cordão dourado e a tatuagem nas costas. Já a mulher, veste um casaco preto e carrega uma grande bolsa. Apesar de o rosto dos dois suspeitos aparecer nitidamente, a delegada disse que as imagens, coloridas, tiveram de sermelhoradas. ?Entramos em contato com o Disque-Denúncia para que eles no auxiliem nessa investigação?, disse ela, contandoque o casal seja denunciado por meio da foto deles publicada nos jornais. O Disque-Denúncia informou que já recebeu duasligações sobre o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.