Polícia diz que está perto de esclarecer 5 seqüestros em São Paulo

Agentes da Divisão Anti-Seqüestro(DAS) acreditam que estão prestes a esclarecer pelo menos cinco casos de seqüestros ocorridos na capital paulista nos últimos meses. Foram presos, entre as 23 horas de terça-feira e 1 hora da madrugada desta quarta-feira, um ex-policial militar, identificado como Fábio Luiz Leite, de 34 anos, que era lotado no 27º Batalhão, e Róbson de Almeida, ex-jogador de futebol que atuava em Portugal. O primeiro a ser detido foi o ex-policial, localizado pelos investigadores dentro da estação Santana do Metrô, na zona norte da capital paulista. Dominado, Fábio, que havia sido expulso da PM em 2001 após ser preso por concussão - crime pelo qual foi condenado a dois anos de reclusão - levou os agentes até a casa dele, no bairro do Grajaú, no extremo Sul da cidade, onde foi detido Almeida. Durante interrogatório na sede da DAS, no Bom Retiro, região central da cidade, Fábio já teria confessado ter participado de cinco seqüestros. Uma mulher, vítima do ex-policial, no decorrer das investigações reconhecera Fábio através de uma foto. Os policiais civis não forneceram mais dados, pois podem prender a qualquer momento outros integrantes da quadrilha da qual Fábio e Almeida fazem parte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.