Polícia diz ter identificado três assassinos dos rapazes

O diretor de Polícia Civil do Rio, Sérgio Caldas, informou que já possui a identificação dos traficantes do Morro da Mineira, na zona norte, que torturaram e assassinaram os jovens do Morro da Providência entregues a eles por militares no dia 14. Segundo disse, com a transferência do inquérito para a Justiça Federal, a Polícia Federal pode assumir as investigações. O delegado-titular da 4ª Delegacia de Polícia, Ricardo Dominguez, adotou cautela para falar sobre a identificação dos assassinos. "Temos de ser cuidadosos. O fato de o criminoso estar envolvido com o tráfico não significa que ele teve participação nessa barbárie. É preciso ter certeza sobre os autores do crime", declarou. O delegado afirmou também que o capitão Laerte Ferrari sabia que o tenente Vinicius Ghidetti iria desacatar a ordem de liberar os três jovens do Morro da Providência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.