Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Polícia do ES decide entrar em greve

Os policiais civis do Espírito Santo resolveram entrar em greve a partir de segunda-feira. A decisão foi tomada em assembléia realizada na capital, Vitória. As principais reivindicações são 67% de reajuste salarial e melhores condições de trabalho. Nesta tarde, cerca de 200 policiais civis - alguns encapuzados, por temer represálias - fizeram uma passeata na Avenida Marechal Campos, em direção ao Palácio Anchieta, onde protestarm contra a política de segurança pública do governo estadual.Procurado pelo Estado durante toda a tarde, o secretário da Segurança, coronel Edson Ribeiro Carmo, não respondeu às ligações e manteve o celular desligado. Segundo assessores, ele esteve reunido durante o dia com a cúpula da secretaria. Às 19h, a chefe de gabinete do secretário, Jaíra Muniz, informou que o coronel "não comentaria o assunto" porque havia outras reuniões marcadas para o período da noite. "Amanhã ele estará à disposição para dar uma posição sobre o assunto", disse Jaíra.Na assembléia, ficou decidido que apenas os serviços essenciais da polícia serão mantidos, como recolhimento de cadáveres e perícia nos locais de crime.

Agencia Estado,

09 de maio de 2002 | 19h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.