Polícia do Rio caça traficante Dudu no Morro do Alemão

A Polícia Civil intensificou as buscas para prender o traficante Eduíno Eustáquio Araújo Filho, o Dudu, colocando em ação 300 homens no Complexo do Alemão, em Ramos, zona Norte do Rio. Supostamente ferido, Dudu estaria escondido na localidade conhecida como Grota, onde o jornalista Tim Lopes fora assassinado. O chefe de Polícia Civil do estado, Álvaro Lins, comanda pessoalmente a ação. Dudu é foragido do sistema penitenciário e acusado de tentar invadir a Rocinha, na última sexta-feira. Segundo o chefe da Polícia Civil, os policiais que fazem operação no Complexo do Alemão terão "suas folgas sacrificadas" no fim de semana para que o criminoso seja capturado. "É uma cota de sacrifício a mais para devolver a paz ao Rio de Janeiro", afirmou Lins.A polícia encontrou uma casa que serve de esconderijo para os traficantes localizada na Travessa Joaquim de Queiroz, na Grota. Lá foram apreendidos três quilos de cocaína. Havia sinais de que os criminosos tinham acabado de fugir, mas não há confirmação de que Dudu estivera na casa. Segundo Álvaro Lins, o traficante Tota está dando proteção a ele.

Agencia Estado,

16 de abril de 2004 | 12h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.