Polícia do Rio encontra corpo que pode ser de jovem desaparecida em favela

Tatuagens indicam que a vítima seria Bianca Lourenço, de 24 anos, desaparecida desde o dia 3 de janeiro

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

13 de janeiro de 2021 | 11h25

RIO - A Polícia Civil do Rio encontrou na tarde de terça-feira, 12, o corpo de uma jovem boiando numa praia da Ilha do Fundão, na zona norte do Rio. Tatuagens indicam que a vítima seria Bianca Lourenço, de 24 anos, que está desaparecida desde o dia 3 de janeiro.

Bianca é ex-namorada de um homem suspeito de chefiar o tráfico na favela da Kelson's, no Complexo da Maré. Testemunhas indicam que ela teria sido morta pelo traficante, que não aceitava o fim do relacionamento.

Em nota, a Polícia Civil informou que o corpo encontrado na terça-feira foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) "para confirmar se é o da jovem Bianca Lourenço". O texto acrescenta que "os peritos identificaram semelhanças entre as tatuagens da vítima e as presentes no corpo encontrado, mas ainda será realizado exame na arcada dentária para confirmar a identidade". Após isso, familiares de Bianca serão chamados para identificar o corpo.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o desaparecimento de Bianca está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.