Polícia do Rio investiga morte de fotógrafo do jornal ''O Dia''

A PM fez ontem uma operação na favela Cidade Alta, em Cordovil, zona norte do Rio, para tentar identificar quem atirou no fotógrafo do jornal O Dia André Azevedo, de 34 anos, conhecido como André AZ, anteontem, na Avenida Brasil, altura da Penha. Atingido por 3 tiros, ele perdeu o controle da moto que pilotava, bateu contra uma mureta, foi arremessado na pista e atropelado. Morreu no local, por volta das 19h. Nenhum suspeito foi identificado ainda. A polícia investiga se André tentava fugir de um assalto. O fotógrafo havia deixado a sucursal do jornal na Baixada Fluminense horas depois de cobrir a apuração do carnaval em Duque de Caxias. Ele seguia para casa, no Grajaú, zona norte. O corpo será enterrado hoje, às 10h, no Cemitério do Irajá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.