Polícia do Rio prende 26 integrantes de quadrilha do falso empréstimo

Grupo, investigado há cinco meses, teria faturado R$ 1 milhão com o golpe, aplicado em três Estados; seis membros ainda são procurados

23 Novembro 2012 | 10h12

SÃO PAULO - Vinte e seis pessoas foram presas na manhã desta sexta-feira, 23, em operação da Polícia Civil do Rio para desarticular uma quadrilha que anunciava falsos empréstimos em jornais. Investigados há cinco meses, os estelionatários agiam nos Estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais e teriam faturado R$ 1 milhão por meio da fraude.

Cerca de 220 policiais da capital, baixada e interior do Rio cumprem 32 mandados e prisão e 32 de busca e apreensão no Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. A operação, chamada de Dinheiro Fácil, é conduzida por policiais do 12 º DP (Copacabana) e também apreendeu veículos e material usados nos crimes. 

De acordo com a polícia, os estelionatários atraiam as pessoas endividadas por meio de anúncios em jornais e sites e, após obrigá-las a pagar uma taxa, fingiam depositar o valor do empréstimo na conta do "cliente", que descobria no banco que o valor não foi pago.
 

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.