Polícia do Rio prende funcionário de Beira-Mar

Policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) prenderam ontem de madrugada, em Tanguá, Grande Rio, o ex-policial rodoviário federal Vicente Correia da Silva Filho, de 56 anos. Segundo o delegado da Draco, Paulo César Guimarães, ele era responsável pela distribuição de drogas em Duque de Caxias, Baixada Fluminense, e na região dos Lagos. "Ele trabalhava para o grupo de Fernandinho Beira-Mar", explicou o delegado, referindo-se ao traficante preso na Polícia Federal, em Brasília.A Draco investigou as ligações do ex-policial rodoviário com o tráfico de drogas durante sete meses. Silva Filho foi preso por volta das 3 horas da manhã, pouco antes de entregar um carregamento de drogas para o traficante conhecido como Bill, chefe da quadrilha da favela da Rocinha e apontado como sucessor de Fernandinho Beira-Mar no comando dos negócios.Na casa do ex-policial rodoviário, os agentes da Draco encontraram cerca de R$ 11 mil e 3,2 mil dólares, além de diversos documentos falsos. O dinheiro, segundo o delegado Guimarães, foi resultado da venda da remessa de cocaína feita pouco antes da prisão. Silva Filho foi preso em seguida. Com ele, a polícia encontrou uma peteca de cocaína.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.